Um fórum para tu partilhares as tuas fan fictions sobre os Tokio Hotel, onde também poderás encontrar notícias e muitas mais coisas sobre eles.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Uma aposta encantadora

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
Kelly
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 841
Points : 14025
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 27
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 18, 2010 11:24 am

Ok, quero mesmo saber o resto!
Já me prendeste com esta fic *-*

_________________




Love is a game...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 18, 2010 11:32 am

Kelly escreveu:
Ok, quero mesmo saber o resto!
Já me prendeste com esta fic *-*

Obrigada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 18, 2010 12:52 pm

Cap.6
Fechei os olhos, adorava a praia adorava o barulho das ondas.
-Ah! – Gritei quando senti agua a cair nas minhas costas quentes e secas, calro que fora o anormal do Tom!
-Oh, desculpa! Ia-me deitar na toalha! – Ouvi Tom por cima de mim ironicamente, bufei, parvo! Anormal! Ah…Ele mete-me tanta raiva (e ainda só o conhecia á 4 dias!).
Ouvi o barulho dele mandar-se para a toalha, bufei outra vez. Senti algo molhado a deslizar pelas minhas costas, arrepiei-me toda.
-És capaz de tirar a tua mão das minhas costas? – Perguntei a Tom, abri os olhos e já não estava mão nenhuma nas minhas costas.
-Não sei do que falas! – Respondeu ele mexendo no piercing, ah! Aquilo ao mesmo tempo me deixava enraivecida como excitada!
-Tas a tentar por me louca?
-Eu? Porque dizes isso!? – Nem lhe respondi, baixei outra vez a cabeça e fechei os olhos.

***
-Já disse, nem vale a pena discutir: Tomo eu banho primeiro! – Exclamei a subir as escadas, o dia já ia a meio e íamos passar o resto por casa e se Tom quisesse ia á praia mas sozinho.
-Tudo bem! Faz como quiseres! – Arquei a sobrancelha e olhei para ele.
-Tas doente? Passas-te os últimos 30 minutos a reclamar!
-Era só porque eu sei que tu gostas de ouvir a minha voz…
-Oh…é melhor calares-te! – Entrei dentro de casa. – Vou primeiro ao meu quarto buscar a toalha e a minha roupa, ok?
-Ok! – Ele estava com cara de caso! Fui ao meu quarto e tirei uma toalha azul e um fato de treino. Sai do meu quarto já enrolada á toalha azul, a porta da casa de banho estava meio fechada e as luzes acesas, facto que estranhei. Mas abri na mesma, a minha cara ficou vermelha de raiva quando vejo Tom na banheira cheia de espuma.
-Tom! Tou capaz de te matar!
-Eu disse faz como quiseres, e olha isto ainda tem um espaço para ti: Em cima de mim!
-Mas tu não queria mais nada! Será que não tens regras?
-Tenho, mas são as minhas regras! – Respondeu ele na mínima das calmas.
-Quando te despachares avisa! – Sai da casa de banho e fui para o meu quarto, desenrolei-me da toalha e deitei-me na cama, tinha a porta fechada não fosse o Tom ter ideias…Mas este estava a tomar banho. Eu ainda tinha um dia inteiro pela frente o que iria fazer? Tinha piscina, jacuzzi…Acho que também tínhamos um escorrega, mas isso eu já via!
-Podes ir…Ah, desculpa! – Mal ouvi Tom tapei-me, levantei-me.
-Descarado! Batias á porta, não?
-Sabia lá eu que tu estavas nua! Sou adivinho agora? – Reclamou ele, era só para dizer que já estou!
-Ok! – Ele deu-me espaço para eu passar, o que eu não estava á espera foi quando o meu braço roçou nos seus abdominais me fizessem sentir tão estranha, olhei para ele vi que a cara dele também era de espanto. Bufei e fui em direcção á casa de banho, liguei a água e comecei a tomar banho, lavei a cabeça e o corpo e sai da banheira. Enrolei-me á toalha e voltei para o meu quarto, vesti um fato de treino e sai do quarto. Se Tom começasse com as sua piadas parvas eu matava-o! Juro-vos! Já nem o podia ver á frente, e eu a dizer que parecia que tinha ganho a lotaria, só se fosse a da desgraça! Essa sim é que eu ganhei! Pensa-se no Tom, e ele aparece! O Tom estava sentado no sofá a comer pizza, ele olhou-me de alto a baixo, devia ter reparado que eu quase me babava só de olha para a pizza.
-Está mesmo boa…Sou tenho pena, não…Não tenho pena nenhuma! Mas é pena para ti não puderes comer!
-Porque?
- Porque fui eu que a fiz… Se estas chateada comigo por uma coisa também estas por outra!
-Ok, fixe! Vou fazer uma pizza ainda melhor que essa! Bem melhor!
-Já não á pizzas!
-Como?
-Esta era a ultima! – Replicou ele, uma onde de raiva encheu-me e não sei o que aconteceu mas parecia um abutre a atacar a presa morta! Saltei para cima de Tom.
-Dá-me a pizza! Por favor! Vá lá!
-Não, não e não! Sai de cima de mim, por favor! – Tom estava caído para o lado com a cabeça quase a tocar no sofá e eu encima dele, a fatia de pizza tinha caído para o chão. – Olha o que fixes-te! Desperdício de comida!
-É crime?
-Nas minhas regras: SIM! Deixa-me levantar e ir buscar a fatia de pizza que está ali!
Olhei para o lado a ultima fatia de pizza, estiquei o braço e peguei na pizza.
-Olha Tom! Para aprenderes! – E mesmo á frente dele mordi a pizza ele irritado puxou para si e deu mais uma dentada, agarrei a pizza outra vez para mim e mordia. – Ok, vamos ser racionais!
-Aleluia dizes alguma coisa de jeito!
-Sou rapariga, tenho direito a comer a fatia! Já que fui eu que a comprei!
-Mas eu é que a fiz!
-Fui eu que gastei dinheiro!
-Se o teu problema é dinheiro eu dou-to! – AO ouvir aquilo mandei a pizza ao chão.
-Ups! – Murmurei, ele rosnou irritado. Ainda estávamos os dois: eu deitada por cima dele.
Ficamos os dois a olhar-nos nos olhos durante muito tempo e comecei a sentir-me toda arrepiada.

Comentem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kelly
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 841
Points : 14025
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 27
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 18, 2010 1:05 pm


Ui, as coisas começaram a aquecer... Razz

Isto promete Razz

_________________




Love is a game...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Momo.O
Administração
Administração
avatar

Mensagens : 1149
Points : 14455
Data de inscrição : 11/07/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 18, 2010 1:05 pm

Spoiler:
 

Neutral OMG ....eu acho que ficava sem respiração naquele preciso momento.

>.< não pares nestas alturas, quero saber o que vai acontecer a seguir
posta mais *.*

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 18, 2010 1:18 pm

Obrigada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Qua Jul 21, 2010 2:50 pm

Cap.7


Já estávamos a olhar-nos á muito tempo quando Tom diz:
-Vai, sai de cima de mim! Tenho coisas a fazer, se quiseres come a pizza!
-Esta no chão!
-Exactamente! – Murmurou ele, levantei-me e sai de ao pé dele, estava-me a sentir estranha. Estava toda arrepiada, será que Tom sentia o mesmo? Ou nem por isso? Subi as escadas e fui para o meu quarto, queria desaparecer. A minha atitude fora tão estúpida, ficara daquela maneira só por causa de uma fatia de pizza, mas aptecia-me tanto pizza! O meu telemóvel que estava na mesa de cabeceira tocou.
-Estou?
-Nikki! Tudo bem, quem é o teu par? Estas bem? – Bombeou a Solange as perguntas, suspirei.
-Esta tudo bem, o meu par é o Tom, desmaiei rachei a cabeça e fui para o hospital mais próximo! Mas agora odeio o meu par, acabamos de discutir por causa da porcaria de uma fatia de pizza e agora ele está na porcaria da sala com certeza a fazer um plano para me matar! Tirando a parte que quase o fez 2 vezes! Ufa, ainda bem que ligas-te! – Suspirei, Solange continuo calada.
-Ahhh! Não posso, o teu par é o Tom, tu desmaias-te e rachas-te a cabeça e agora odeiam-se! Ohhhh! Meu deus! – Ouvi ela a gritar, de certeza que estava aos pulinhos feita histérica, mas ela não sabe que o Tom é um autentico diabrete!
-Sim…mais ou menos isso! – Respondi-lhe baixinho. – Então e como está tudo em Berlim?
-Esta tudo bom! Um verdadeiro espectáculo…bah! Quem é que eu quero enganar…Quem me dera estar no teu lugar!
-Oh…Não queiras…- Funguei e virei a cara para a porta fechada.
-Porque? O Tom é podre de Bom! Amava passar 3 meses com ele!
-Olha se quiseres troca comigo, não me importava nada!
-Tas a falar a serio?
-Serio, serio! Queres trocar?
-Ya! Obvio! Tenho é de comprar os bilhetes…ai! Tas a gozar com a minha cara!
-Não estou nada…- Respondi tentando acalma-la. – Se quiseres vir…
-O…Ok , mas pensa primeiro sobre o assunto! Eu também vou pensar!
-Hum…Ok, fico á espera da tua chamada! – Disse eu. – Adeus!
E desliguei o telemóvel.
-Não vás embora! – Virei-me Tom tinha estado a trás da porta a ouvir a minha conversa! Ah! Que agora é que eu o mato mesmo!
-O que tens a ver com isso?
-Vá lá, acabas-te de chegar! Acabas-te de me conhecer…
-E isso foi o sufeciente que eu vi! Ias-me afogando, ontem ia tendo um ataque cardíaco! Estas a fazer-me entender? E hoje brigamos ainda por a estúpida de uma fatia de pizza!
-Então se é estúpida porque é que ficas-te daquela maneira?!
-Não sei! Porque eu sou estúpida! Ok? Tens razão a batida deve ter-me feito mal! – Murmurei, ele aproximou-se de mim.
-Hey, olha pudemos nos conhecer melhor nestes 3 meses!
-Ou então matar-nos um ao outro! – Gozei, comecei a rir que nem uma perdida.
-Ou então isso, mas não vaias desistir…
-O que estas a tramar?
-Nada! Nada de nada!
-Oh, tu estás a tramar algo, para estares assim…- Ele começou a assobiar, ele estava a planear algo!

Comentem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kelly
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 841
Points : 14025
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 27
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Qui Jul 22, 2010 9:45 am


O que é que esse malandro está a planear?? :O
Oh, ela não se pode ir embora... Sad

Mais, sim? ^^

_________________




Love is a game...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Qui Jul 22, 2010 3:54 pm

Obrigada! Irei postar mais em breve
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sex Jul 23, 2010 7:08 am

Cap.8

-Olha eu não estou! Mas olha telefona á tua amiga para não vir, assim não tem piada és tu que ganhas-te! Não foi ela! – Arquei a sobrancelha, mas agora o que era importante eu ganhar ou não? Desde quando é que ele se importava?
-Hum…Vou pensar no teu caso!
-Pensa!
-Vou pensar, já disse! És surdo?
-Queres ir á pesca?
-O que?
-Estava a pensar ir pescar! – Respondeu ele, com um sorriso tímido.
-Sabes pescar?
-Mais ou menos…Temos ali material para ir pescar…- Murmurou ele. – Queres?
-O…Ok!
-Então vamos buscar as coisas! – Saímos os dois do quarto e fomos até á porta do fundo, que ficava ao lado da casa de banho, tiramos de la duas canas de pesca, as minhocas e o balde, e descemos as escadas e fomos até á praia.
-Vamos ver se o nosso comer é peixe! – Brincou Tom, rimo-nos os dois. – Muito bem, ficamos aqui!
Sentamo-nos na areia e preparamos as coisas, lançámos os fios das canas e ficamos á espera.
-Então és da onde?
-Berlim…Quer dizer Frankfurt mas mudei-me para Berlim aos 4 anos…- Murmurei .- Os meus pais separaram-se á 3 anos…já não vejo o meu pai á 3 anos…
-Uh… Isso é mau.
-Também não gosto muito dele…
-Porque?
-O meu pai bebia muito e… ele batia-me a mim e á minha mãe e…
-Hum, desculpa!
-Não faz mal! – Murmurei baixinho, Tom abraçou-me. Parecia quase impossível termos estado a brigar á pouco tempo.
-Hey, olha! A tua cana esta a puxar! – Gritou Tom levantando-se e agarrando na minha cana. Levantei-me também. – Nicole agarra aqui!
-Eu não sei pescar!
-Agarra na mesma! – Fiz o que ele disse e agarrei na cana, Tom estava a trás de mim também a agarrar na cana. Puxamos os dois.
-Uh…Vamos comer uma bota velha! – Gozei, ele também riu-se. Tiramos a bota velha do anzol.
-Bem espero que saiba bem! – Murmurou ele, rimo-nos outra vez. – Bem, pelos visto vamos comer hambúrgueres ou cachorros quentes!
-Pois, é melhor acabarmos com a pesca. Ou então vamos tirar um curso para totós…
-Pois, ou isso! – Riu-se. – Bem vamos para casa…Acabou-se a pesca, isto foi mesmo má ideia…
-Não foi de todo! Ao menos não nos matamos um ao outro! – Brinquei, pegamos nas coisas e fomos para casa, a casinha de madeira…
-Hum…Temos ali uma piscina, atrás.
-Sim, Tom, eu sei…- Murmurei enquanto subíamos as escadas. – Mas porque?
-Sabes jogar volei?
-Só podes estar maluco! Acabei de tomar banho! Nem penses, para alem disso não sei jogar voleibol!
-Hum…Não vou dizer mais nada! Olha ainda queres trocar com a tua amiga? – Aquela pergunta arrepiara-me.
-Nã…Não sei…- Respondi de cabeça baixa, continuei a subir as escadas e abri a porta. Não sabia se devia trocar com a Solange ou ficar e aproveitar os 3 meses com Tom! Por um lado queria passar esses 3 meses com ele, mas por outro e saber que ele ia-me pregar qualquer coisa parva e anormal…Não me deixava descansada, apesar de lhe ter contado que já fui vitima de violência domestica. Podia ser que levasse isso é consideração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kelly
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 841
Points : 14025
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 27
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sex Jul 23, 2010 7:21 am


Wow, que passado da treta o dela :S

Bela pescaria... -.- xD só gostava de saber o que ele está a pensar... Só espero que ela não troque com a Solange!

Posta rápido ^^

_________________




Love is a game...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sex Jul 23, 2010 7:22 am

Obrigada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Momo.O
Administração
Administração
avatar

Mensagens : 1149
Points : 14455
Data de inscrição : 11/07/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sex Jul 23, 2010 12:35 pm

Oh ela não pode trocar com a Solange, depois o Tom já não tem com quem brigar Razz
Quero mais Very Happy
Coitada da Nicola...o pai dela devia ser horrivel
Mais, por favor *.*
beijos^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sex Jul 23, 2010 3:16 pm

Obrigada! Irei postar assim que puder!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TomyGirl
Dogs Unleashed
Dogs Unleashed
avatar

Mensagens : 144
Points : 13289
Data de inscrição : 23/07/2010
Idade : 22
Localização : Alcochete

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sab Jul 24, 2010 1:59 pm

Publika mais depressa esta fic está a tornar-se intresante Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sab Jul 24, 2010 3:03 pm

Obrigada pelos comentarios!


Cap.9
Nos três dias que se passaram eu e Tom tínhamo-nos dado ah…normalmente? Talvez seja a palavra correcta. Ele até podia ser fixe quando queria, mas quando lhe dava o tique de anormal nem o podia ver á frente! Isso tornava-o irritante como aquelas Barbies sempre sorridentes (uau, Nikki que bela conclusão…Não podem por barbies a chorar!), odiava-o nessas alturas! O pior foi na ultima noite! Não sei como mas acordei á noite com Tom na minha cama a dormir com um sorriso nos lábios, mandei-o para fora da cama, este caiu fazendo um grande estrondo no chão de madeira.
-AU! Cuidado! Estava só a brincar!
-Ah…Tu queres brincar? Vai brincar para o teu quarto! – Rosnei, ele começou a rir.
-Babe, tu estas no meu quarto! – Brincou ele, as que até me deve ter saído fumo pelos ouvidos. A raiva foi tanta que dei-lhe uma chapada e que ficou lá a marca da minha mão.
-Oh! Desculpa a serio!
-Não…Deixa estar! As de me paga-las!
-Mais do que eu já tou? – Gozei, ele olhou-me furioso, olhei nos olhos dele e aproximei-me mais. – Desculpa já disse.
-Vais paga-las já disse – Murmurou ele ao meu ouvido, arrepiei-me toda ao ouvi-lo, ele encarou-me. Olhei para os lábios, pareciam estar a chamar por mim. Estava completamente hipnotizada pelos seus lábios, Tom também aproximou-se e quando os nossos lábios estavam prestes a tocar:
-Bem, vou-me embora! Tenho sono e quero o meu quarto! – Murmurei, sai da cama dele e comecei e sai do quarto. Fui apressadamente para o meu legitimo quartinho e fechei a porta, eu estava a 5 centímetros de beijar Tom e não o fora capaz por cobardia! Porque, imaginem: Dava-lhe uns beijos íamos para a cama e depois fingíamos que não acontecera nada! Eu não sou assim, sempre pensara que quando se vamos para a cama com alguém em quando achamos essa pessoa especial e não por divertimento! Isso era estúpido e insensível, eu não era como Tom! E nunca iria resultar, assim é que eu teria mesmo de trocar com Solange, definitivamente eu e Tom nunca nos devíamos ter conhecido, parecemos o Tommy e Jerry mas em versão humanos! Deitei-me na minha cama a mirar as estrelas e a lua que dava brilho ao meu quarto.
Tinha tido um sonho, um sonho muito parvo! Eu, Tom, luar e praia! Diz-vos muita coisa? Passo a explicar: Tom levava-me num jantar romântico á praia sobre o luar e enrolávamo-nos! Ok , olhem que eu não sou pessoa para ter este tipo de sonhos maus/ pesadelos bons! Nunca tivera (tosse). Acordei sobressaltada como tudo, aquele sonho e o meu possível quase beijo com o Tom! Levantei-me e calcei os chinelos, estava tudo silencioso… Senti os pontos que tinha na cabeça começarem a eriçar-se…Odiava quando a casa ficava silencioso (sim, episodio Samara não foi dos melhores), desci as escadas. Nem um sinal de Tom!
-Tom!? – Gritei, inspirei fundo. – Tom?! Tom?! Estás ai?!
-AI, mas agora viras-te despertador? – Virei-me para trás, Tom estava em cima das escadas com um ar ensonado com os olhos quase fechados.
-Mas…
-Tipo, Nicole, são 8 da manhã…As pessoas normais estão a dormir! – Ele depois abriu os olhos.-Espera tu…Isto foi tipo um castigo?
-Não é que eu não sabia que horas eram, pensava que fosse mais tarde…
-Óptimo, mais uma coisa para adicionar á lista: Comprar um relógio para a Nicole! Para ela não me acordar ás oito da manhã!
-E nunca acordas-te a estas horas?
-Qual a parte de eu. Estou. De. Feria. Que tu não entendes-te! – gritou ele, revirei os olhos. O pobrezinho não pode acordar um pouco mais cedo que fica logo todo chateado, poupem-me! Subi as escadas.
-Espero que durmas outra vez…- Murmurei a passar por ele, ele suspirou de raiva.
-Oh…Podes querer, vou dormir até parecer que estou morto.
-Ainda bem que me avisas…Para não chamar a funerária! – Exclamei entrando no meu quarto.
-Ate parece que não chamas na mesma! – Gritou ele, deitei-me.
-Vai dormir, que o teu mal é sono! – Gritei pondo-me outra vez deitada e fechei os olhos. Acordei outra vez: 11 da manhã, ouvi o barulho da TV, estava a dar “Bad Romance” de certeza que Tom estava a ver MTV…Levantei-me e desci as escadas: Tom estava memo a ver MTV, sentei-me ao lado dele.
-Hum…Bom Dia…- Murmurei, ele olhou de esguelha.
-Oh…Hum…Bom Dia! – Olhou para a taça de pipocas que tinha ao colo. – Queres?
-Pode ser! – Ele tinha apanhado aquilo que eu queria, tirei um pipoca e pus ela na boca, deliciosa.
-Então…Hum, estás mais morena, não estas? – Perguntou ele para quebrar gelo, ele sabia tanto como eu que algo muito estranho acontecera na noite passada.
-É…Tu também pareces mais moreno…- Murmurei pegando noutra pipoca. – Ah, então dormis-te bem?
-Sim… - Suspirou. – Vamos passar a ter estas conversas idiotas?
-Porque, se são idiotas não as comeces! Estou só a ser simpática! – Resmunguei, ele fintou-me.
-Eu, eu é que estou a ser simpático para ti fazes-me entender? Sou eu, porque sou cavalheiro!
Não consegui conter o riso.
-Tu? Tom Kaulitz seres cavalheiro? Tu nem a pescador vais, quanto mais a cavalheiro…Tom vai ao medico! – Exclamei por entre risos.
-Sim, por tua informação sou um cavalheiro! Uma pessoa muito educada, e como eu sei que gostas de ouvir a minha voz…
-Pff…Pois, isso é o que tu querias! Que eu gostasse da tua voz! Tom vai medico!
-Pois vou ter de ir contigo…Ver como está a tua cabeça, olha bem a alhada em que tu me metes-te!
-Meti-te? Eu é que rachei a cabeça, não foste tu! Tom deixa de ser egocêntrico!
-Ou e não vão pensar que eu dei-te porrada, ou Nikki!
-Já levei porrada o suficiente! Acho que não era contigo que iria ficar de cabeça rachada por causa de andar á porrada! – Gritei, eu já estava a tremer de raiva. Fico enraivecida muito depressa…Tom olhou-me com pena, odeio que as pessoas me façam isso!


Digam-me o que acham!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TomyGirl
Dogs Unleashed
Dogs Unleashed
avatar

Mensagens : 144
Points : 13289
Data de inscrição : 23/07/2010
Idade : 22
Localização : Alcochete

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Sab Jul 24, 2010 3:56 pm

Adorei mal posso esperar para ler o proximo capitulo
e não sou lá muito de ler
manda depressa (impaciente) sunny
XAU
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Momo.O
Administração
Administração
avatar

Mensagens : 1149
Points : 14455
Data de inscrição : 11/07/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 5:41 am

Que capítulo tão cómico xD
Isto ainda vai dar coisa....Rolling Eyes
Quero mais *.*
beijos^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 5:45 am

Obrigada pelos comentarios! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 1:49 pm

Cap.10

-Agora é que te deu para ter pena, foi? – Gritei enraivecida para ele, levantei-me…Senti uma lágrima a deslizar pelo meu rosto. – Não preciso que tenhas pena de mim!
-Nikki não…Espera, eu…Desculpa!
-Oh…Agora lembras-te de pedir desculpa! Boa sabes que mais devias escrever um livro: 100 maneiras de fazer alguém perder umas ferias maravilhosas”! Porque tu conseguiste! Es um espectáculo, até podias fazer de Samara em versão rapaz, porque tu iras ganhar um Óscar com isso!
-Nicole, desculpa…Esqueci-me!
-É já vi que te esqueces de muita coisa…Facilmente! – Naquele momento nem queria saber se estava de pijama ou não! Sai de casa com Tom parado, estúpido! Aquele homem insensível, chato, parvo…Mas ao mesmo tempo bonito, divertido…Não, eu odeio e odiarei para sempre o Tom Kaulitz! Perverso e Imaturo! Tirei os chinelos e o pijama felizmente tinha roupa interior, pus a roupa toda na areia a fazer de montinho e fui para a agua. No dia anterior não tinha ido á água, nem a praia! Ficara em casa a jogar cartas com Tom, porque este estava-se a sentir mal. Doía-lhe a cabeça ou assim, nem me interessava, mas eu fora estúpida o suficiente para estar com ele a dar-lhe comprimidos e a ver se ele se esquecia da dor para depois aquele parvalhão ter-me feito aquilo á noite e agora ter sido um paro do pior! Sentia-me tão enraivecida, era capaz de matar alguém! Ou mais especificamente um Tom! Mergulhei na agua cristalina, não me aptecia nem um pouco regressar para aquela casa, ai! Ainda tinha de ligar á Sol! Ela iria trocar comigo, não havia outra escolha, só assim! Tom deixava-me mais em baixo do que era normal e a serio quando dou para o depressiva sou depressiva! Toquei na cicatriz que tinha nas costas, essa tinha uma longa historia (com o meu pai incluído) …Fora um dia em que estava na cozinha com ele, dei-lhe uma resposta que ele não gostou e como ele tinha uma faca na mão…Era para me ter dado na cara mas como fugi ele só passou pelas costas, essa fora a gota de água, fugira de casa e ficara desaparecida durante um mês. Ai é que a minha mãe decidiu fazer queixa e ir para casa da minha avó…Encontraram-me a dormir num parque, erro meu…Vivi durante um tempo em casa de Solange, ela fora uma irmã para mim! Apoiara-me quando eu mais precisei, foi a mãe dela que em tratou da ferida da faca…No próprio dia, só que era o primeiro sitio onde a minha mãe e o meu pai iriam me procurar, eu posso parecer parva mas não sou, em parte…Fui parva o suficiente para pensar que eu e Tom podíamos ser amigos! Ok, sou um bocado parva! Esperem…Eu sou mesmo parva! Depois de 20 minutos dentro de água sozinha apareceu o Anormal, nem vou dizer quem era, porque vocês já sabem. Ele trazia uns calções de banho e tinha uma camisola branca sobre o ombro.
-Nicole! – Posou a camisola em cima do meu pijama da Betty Boop e correu até á agua. Vocês sabem quando vêem um anjo a ir ter com vocês mas acabam por descobrir que é um grande chato?! Pois o Tom é o anjo chato que eu não quero ter como companhia.
-O que queres? – Perguntei quando ele chegou ao pé de mim. Tom sorriu.
-Desculpa…- Riu para si mesmo. – Ah…Que ridículo! Nicole peço…Não! Não e não, eu não tenho de estar sempre a pedir desculpa, afinal ontem deste-me uma chapada!
-E o que tu fizeste para eu te a dar?
-Estava a brincar…E foi bastante divertido! – Riu-se outra vez, fiz lhe um ar enraivecido. Ele tossicou. – Pronto, podia ter sido melhor…Para a próximo ponho-te em roupa interior para tu ficares mesmo “Oh meu deus, eu e o Tom! Não!”.
-Nem penses, não sou burra a esse ponto! – Gritei, ele fez de conta que fora apanhado pela policia.
-Ok, mas pronto…Eu fui parvo porque me esqueci daquilo do teu pai e isso…
-Já tinha reparado…- Murmurei, ele agarrou-me no pulso direito.
-Olha…Isto vai parecer ridículo mas…- Suspirou. – Pudemos fazer um almoço, tipo piquenique! Para festejar…O facto de estarmos vivos!
-Hum? – Arquei a sobrancelha. – Tu queres fazer um piquenique?
Ele encolheu os ombros.
-OMG estás a falar a serio? A serio, serio? – Perguntei ainda admirada, o Tom organizar um piquenique? – Ok…Está bem!



PS- Digam o que acharam!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Momo.O
Administração
Administração
avatar

Mensagens : 1149
Points : 14455
Data de inscrição : 11/07/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 1:57 pm

Adorei!
Quero mais? *.*
Este Tom é mesmo do pior, quando é que eles admitem o que sentem um pelo outro?!
Fico à espera Razz
beijos^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 1:58 pm

Obrigada pelo comentario!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TomyGirl
Dogs Unleashed
Dogs Unleashed
avatar

Mensagens : 144
Points : 13289
Data de inscrição : 23/07/2010
Idade : 22
Localização : Alcochete

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 2:09 pm

Tá jiro não é dos melhores pelo menos para mim porque há outras pessoas que podem adorar mas o Tom a pedir desculpa vinte vezes é para rir Surprised Smile Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
TokioFan
On the Edge
On the Edge
avatar

Mensagens : 583
Points : 13795
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 22
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 3:39 pm

]Cap.11

-Estas a ver eu disse-te que conseguia! – Disse ele, ok, tenho de admitir: Ate estava engraçado! Uma toalha do Sammy Deluxe, com 4 sandes num prato, um ice tea, dois copos de plástico e uma maçã, sentamo-nos os dois da toalha.
-Ok, subestimei-te… Tenho de admitir! – Murmurei a pegar numa sandes de carne.
Tom também pegou numa sandes e encheu um copo de ice tea, tossiquei um pouco.
-Oh também queres?
-Claro, sê cavalheiro! – Queixei-me, ele encheu o meu copo. Começámos a comer, devoramos tecnicamente a comida e Tom acabou por ficar com a maçã (já que eu não gosto).
-Hum…Estava bom…- Murmurei quando acabei, ele arqueou a sobrancelha.
-Só bom?! Óptimo!
-Deixa de ser parvo…-Murmurei, sorri para ele. Ele começou a mexer no piercing, ai! Que aquilo deixava-me mesmo excitada! “Nikki pára!” suou a minha voz interior.
-Que cara é essa Nicole? – Perguntou ele, quando dei por mim estava a morder o lábio, acordei para a vida.
-Que cara? Andas a ver ARANHA! – Gritei ao ver o bicho horroroso na perna de Tom.
-Sim pois, agora sou um aranha!
-Não…Aranha! Tens uma aranha…Na perna! – Gritei já levantada, Tom olhou para a perna esquerda.
-Ah! Tira-a! Tira-a! Ah! – Gritou ele enquanto saltava que nem um doido.
-Eu tenho aracnofobia! – Gritei sem tirar os olhos em Tom, “Não olhes para aranha Nikki”.
-Por favor! Ela vai entrar-me para os calções! – Gritou ele, peguei num pano e cheguei-me mais para Tom, vá lá consegui agarrar na aranha e mandá-la para longe. Comecei a tremer cheia de medo e com impressão de estar numa banheira cheia de aranhas grandes e feias…
-Ai…Não me estou a senti bem…- Murmurei a sentir tudo a andar á roda, ok, ok, eu sou uma maricas, mas depois conto-vos as historia da aracnofobia…Sentia-me tão estranha…
-Como assim? ‘Tás mal disposta, achas que vais desmaiar?
-Epá, sinto que tenho aranhas a subir-me pelo corpo inteiro! Eu…Ah…Uma vez a minha tia pôs-me a tratar das aranhas dela, é a minha família é toda marada, e uma subiu-me pelo braço a cima e…Argh…- Estremeci. – Bem era uma aranha esquisita, como a minha tia…- Lembrei da ultima vez que a vi: Tinha o cabelo azul, um forte batom vermelho e utilizava roupas á roqueiro e sou para não falar no horrível cheiro a tabaco e os dentes amarelos da nicotina…
-Uh…Que idade tinhas?
-9 anos, é o que eu digo: A minha família é toda de tarados!
-Sentes-te melhor? – Perguntou ele, agarrou-me pelos braços e encostou a minha cabeça ao seu peito: Muito melhor…AH!
-Mais ou menos… -Murmurei respirando fundo. – Puseste perfume…
-Talvez…- Murmurou ele. – Como estás, agora?
-Melhor…Pus-me direita…Ah, bem vamos arrumar as coisas. Não? – Perguntei, Tom assentiu, pusemos o prato dentro de uma cesta juntamente com o Ice Tea, pusemos lá os copos sujos e arrumei a toalha do Sammy Deluxe. Pronto, estes são os momentos bons que Tom pode fazer.

Comentem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Momo.O
Administração
Administração
avatar

Mensagens : 1149
Points : 14455
Data de inscrição : 11/07/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   Dom Jul 25, 2010 3:45 pm

Ahahahaha a aranha ia subir-lhe para os calções ahahxD
Muito bom
Quero mais*.*
Este Tom não existe mesmo xD
beijos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Uma aposta encantadora   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Uma aposta encantadora
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Sem Você...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Zoom Into Tokio Hotel :: Imagination Area :: Fanfics-
Ir para: