Um fórum para tu partilhares as tuas fan fictions sobre os Tokio Hotel, onde também poderás encontrar notícias e muitas mais coisas sobre eles.
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Resistance [1]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem

Humanoid
Humanoid
avatar

Mensagens : 3
Points : 12665
Data de inscrição : 20/10/2010

MensagemAssunto: Resistance [1]   Qua Out 20, 2010 12:16 am

Era suposto eu ter uma capa para a fanfiction, mas não tenho, não para já.
Ora bem, vou referir umas quantas coisas para que quem quiser ler esta história tenha uma pequena noção do que vai ler e se o quer realmente fazer:
- Os gémeos aparecerão apenas a partir do capítulo seis, sendo o início muito á volta da Audrey, o que poderá tornar-se secante mas terá que ser, ela é a base de toda esta história.
- Não faço a menor ideia – ainda -, de qual será o final desta história, mas prevejo que será grande, ou pelo menos tudo indica que sim.
- E por fim, não sei até que ponto esta história será cheia de mel como as minhas anteriores, porque tem uma história diferente de todas as minhas fanfiction’s anteriores o que significa que tudo o resto terá que mudar, e pronto é tudo.
O próximo capítulo será postado Sábado ou Domingo, e espero ter algumas opiniões até lá, mas veremos.
QUE MISÉRIA! Eu pensava que o capítulo era muitooooo maior, espero realmente qu os outros sejam maiores, mas acho que sim.
E pronto, esta é a minha primeira fanfic postada aqui, e espero que gostem (:

Capítulo Um:


«Audrey olhou uma última vez o corpo que se encontrava já sem vida, estendido no chão da sala da casa do seu pai; fechou os olhos e levou as mãos aos ouvidos de forma a tapá-los, não querendo ouvir mais os gritos do seu pai que gritava constantemente que não era o culpado daquele crime e não estava envolvido nele, de forma alguma. Por um lado ela tinha tudo para acreditar em si, mas por outro também tinha tudo para não acreditar, a única coisa de que estava certa era de que aquele relacionalmente amoroso nunca devia de ter existido, pois fora esse o causador daquela morte – certamente -, mas conforme dois adolescentes se podem apaixonar incondicionalmente um pelo outro também dois adultos com vidas já formadas também se podem vir á apaixonar dessa mesma forma por outra pessoa senão aquela com quem vivem dia após dia e com quem criaram um lar. Obstáculos da vida dados apenas aos mais corajosos, e aqueles dois adultos tinham sido corajosos, até serem descobertos e alguém decidir acabar com tudo.
- A menina não pode
Ela assentiu afirmativamente com a cabeça de forma a dar a entender ao polícia que ali se encontrava que tinha percebido o que ele ia dizer, pois, assim que olhou para os seus pés apercebera-se o porquê daquele senhor com uma postura firme e séria lhe ter dito aquilo, ela tinha metido os pés na possa de sangue que envolvia o corpo da vítima. Numa atitude talvez impercebível, baixou o seu corpo e passou uma das suas mãos trémulas pelo rosto da vítima; aquela seria a última vez que o faria. Ao erguer o corpo de novo á postura normal, viu o corpo ser tapado finalmente por completo.
- Terá que abandonar o local, irá ser-nos necessário para as investigações. – O homem que falara antes para si falou de novo olhando-a de novo esperando que ela abandonasse a casa do seu progenitor.
A cabeça da rapariga abanou uma outra vez de forma afirmativa. Vagarosamente, Audrey caminhou até á saída sem olhar para trás, não lhe iria restar mais nada nos últimos tempos senão aquela imagem, quanto ao seu pai não era algo que quisesse pensar pois não sabia no que acreditar, mas em breve iria visitá-lo e colocar-lhe todas as suas dúvidas de forma a ficar menos confusa, só assim o iria conseguir ajudar da maneira certa.»

A loira ergueu o corpo de imediato sobressaltada soltando de seguida um suspiro de desespero enquanto uma das suas mãos passava pela sua testa húmida; um pesadelo, aquilo tinha sido um pesadelo, mas o pior é que tinha realmente acontecido. Levantou-se da cama e dirigiu-se á saída do seu quarto indo depois directa á cozinha do seu pequeno apartamento.
- Vai ficar tudo bem Audrey. – Murmurou para si mesma farta dos seus próprios suspiros de desespero e alívio ao mesmo tempo, estava cansada de não ter uma noite calma, uma noite, neste momento ela apenas queria uma noite descansada sem pesadelos nem recordações.
Assim que se encontrou perto do frigorífico abriu-o, tirando de lá uma das garrafas de água pequenas que tinha espalhadas pelo interior do mesmo e abriu-a de seguida. Tratou de dirigir a garrafa á boca bebendo com alguma urgência todo o líquido existente no interior da garrafa, quando se apercebeu que a garrafa já se encontrava vazia, pousou-a sobre a bancada de mármore desencostando-se da mesma ficando a decidir pelo caminho se iria novamente tentar dormir ou se iria simplesmente deitar-se no sofá e ver televisão ou um simples filme. Pegou no comando da televisão e ligou esta última enquanto deixava que o seu corpo caísse sobre o sofá ao aperceber-se que apenas davam coisas desinteressantes - aos seus olhos - por todos os canais pelos quais já havia passado, suspirou. Olhou o relógio perto da televisão que marcava cinco da manhã, daqui a umas horas sabia que teria de estar de pé de novo, mas mesmo assim optou por voltar ao seu quarto e tentar dormir - as poucas horas que ainda lhe restavam -, algo de jeito.
Três horas e meia de sono até ouvir o despertador do seu telemóvel tocar uma melodia já tão sua conhecida; esticou o braço de forma a alcançar o aparelho que emitia aquele som que passara de melodioso a irritante e de imediato premiu o botão vermelho desligando assim o despertador que lhe indicara que já estava mais que na hora de ela sair da cama e preparar-se para mais um dia de trabalho. Assim que ouviu o seu telemóvel tocar de novo, bufou exasperada, já não podia mais com aqueles barulhos; mas assim que olhou o ecrã a sua expressão mudou vivamente ficando de imediato mais animada; era o seu melhor amigo.
- Brian! – Saudou da forma mais animada que conseguiu assim que atendeu aquela chamada.
- Estás com tempo? Pensei que podíamos tomar o pequeno-almoço juntos. – Abordou-a de uma forma já habitual, sempre que podia pedia que tomasse o pequeno-almoço consigo.
A loira desencostou o telemóvel do ouvido olhando o canto superior direito do ecrã do telemóvel podendo assim ficar a saber que horas eram exactamente. – Algum sim, o suficiente para o nosso habitual pequeno-almoço. – Respondeu com um pequeno sorriso nos lábios, ouvindo-o soltar uma gargalhada.
- Então daqui a quinze minutos no café do costume. – Avisou ao que ela não conseguiu evitar rir-se, mas qual era a piada? Questiou o rapaz mentalmente.
- Oh por favor, tens de me dar outros quinze minutos de tolerância, sou uma senhora. – Os dois riram-se em conjunto com aquela frase que havia soado tão sarcástica.
- Tudo bem, mas despacha-te. – Pediu por fim já mais calmo depois das gargalhadas que tinha soltado junto da melhor amiga. – Até já. – Audrey não teve tempo de dizer mais nada, pois Brian já tinha desligado a chamada provavelmente para que ela se despachasse assim mais rapidamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kelly
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 841
Points : 14025
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 27
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Re: Resistance [1]   Qui Out 21, 2010 3:37 am

O Brian parece-me um fofinho ^^
Aquela cena que a Audrey viu foi macabra :S ainda bem que nunca me aconteceu nada do género, espero que nunca aconteça!

Gostei do capítulo Very Happy é pequenino, mas acredito que tenhas pensado que era grande... o Word engana toda a gente -.- xDD

Fico à espera dos próximos e do aparecimento dos gémeos Razz btw, eles vão ser famosos ou não? (apenas curiosidade xD)

Beijinhos**

_________________




Love is a game...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Humanoid
Humanoid
avatar

Mensagens : 3
Points : 12665
Data de inscrição : 20/10/2010

MensagemAssunto: Re: Resistance [1]   Qui Out 21, 2010 10:33 am

Kelly escreveu:
O Brian parece-me um fofinho ^^
Aquela cena que a Audrey viu foi macabra :S ainda bem que nunca me aconteceu nada do género, espero que nunca aconteça!

Gostei do capítulo Very Happy é pequenino, mas acredito que tenhas pensado que era grande... o Word engana toda a gente -.- xDD

Fico à espera dos próximos e do aparecimento dos gémeos Razz btw, eles vão ser famosos ou não? (apenas curiosidade xD)

Beijinhos**

Até agora também não tenho razão de queixa quanto a ele, por isso posso concordar contigo :3
Mas aquilo aconteceu mesmo, mas foi há uns dias atrás, mas ela ultimamente tem é sonhado com aquilo, mas depois percebes melhor.
Fogo, engana mesmo, lá parece bué grande e aqui valha-me deus o_____O'
Não, aqui a banda não existe. Eles têm profissões sem qualquer tipo de ligação á música u.u
Espero que continues a gostar e obrigada Smile
Beijinhoos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kelly
Moderador
Moderador
avatar

Mensagens : 841
Points : 14025
Data de inscrição : 13/07/2010
Idade : 27
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Re: Resistance [1]   Ter Out 26, 2010 12:54 pm

Se a banda não existe, fico à espera de descobrir as profissões deles Razz
Lá está, uma das coisas que não gosto no Word -.-

Vá, quero o 2º capítulo Very Happy

Beijinhos**

_________________




Love is a game...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Momo.O
Administração
Administração
avatar

Mensagens : 1149
Points : 14455
Data de inscrição : 11/07/2010
Idade : 23
Localização : Lisboa

MensagemAssunto: Re: Resistance [1]   Dom Out 31, 2010 5:08 pm

Nova escritora ^^
Oh meu Deus tu escreves super bem. Adorei o primeiro capítulo, mas quero mais Razz
Beijinhos e fico à espera do próximo Wink

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Resistance [1]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Resistance [1]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Zoom Into Tokio Hotel :: Imagination Area :: Fanfics-
Ir para: